AVISOS da SEMANA


Todas as segundas-feiras – 19:00h – Intercessão.

20/10 – sex – 20h – RCA – Rede de Casais

21/10 – sáb – 18h – Aniversário Igreja Águas Sede

22/10 – dom – 10h e 18h – Celebração de SUCOT e teatro

28/10 – sáb – 19h30 – RJA Rede de Jovens – Sorvete

29/10 – dom – 18h – Batismo nas águas.

04/11 – sáb – 19h30 – RJA Rede JUMP Vigília no monte.

17/11 – sex – 20h – RCA - Rede Casais

18/11 – sáb – 10h – Capacitação diaconal

18/11 – sáb – 18h – RAD Intensivão

25/11 – sáb – 19h30 – RJA Jump – Noite black

26/11 – dom – 10h e 18h – RIA apresentação

29/11 – qua – 20h – Noite do Empreendedor

30/11 – qui – 20h – Apresentação Teatro

Postagens

Células nas casas - confira a mais próxima de você.

. 2ª feira......... 19h Culto de Intercessão
20h15.. Escolas Líderes e Teológica
. 5ª feira ........ 20h.... Culto

. 6ª feira ....... 20h ... Rd da Família (confira agenda)
. 6ª feira ....... 20h ... Rd adolescentes(confira agenda)
. Sábados...... 19h30.. Rd de Jovens (confira agenda)
. Domingos... 16h45... Pós Encontro e Esc. de Líderes
. Domingos... 10h e 18h..... Culto de Celebração

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Restaurando o altar do chamado.

Baseado em Ex 3:1-4
            Moisés é um dos nomes da história do povo hebreu que dispensa apresentações. Um hebreu criado como egípcio que foi chamado por Deus para libertar o povo de Deus da escravidão do Egito.
            Sua mãe chamava-se Joquebede e seu pai Anrão. Moisés tinha mais dois irmãos a Profetiza Miriã e o Sacerdote Arão. Sua família era descendente de Levi.
            Quando Moisés nasceu, o Faraó da época, ordenou que todos os filhos homens dos hebreus que nascessem, fossem lançados no Nilo. E foi justamente nessa época que Moises nasceu, Moisés vem ao mundo debaixo de um decreto de morte.
            Mas o Senhor tinha planos para Moisés e para o povo hebreu e Ele guardou sua vida de uma forma sobrenatural.
            A Bíblia diz que Joquebede, mãe de Moisés, conseguiu esconde-lo durante 3 meses e que depois disso ela colocou a criança no Rio Nilo, a qual foi encontrada pela filha do Faraó, e passado certo período de tempo, (quando já era um menino grande), Moisés foi criado por ela como se fosse seu filho.
At 7:20-21 "Naquele tempo nasceu Moisés, que era um menino extraordinário. Por três meses ele foi criado na casa de seu pai. Quando foi abandonado, a filha do faraó o tomou e o criou como seu próprio filho."
            Moisés foi criado dentro do palácio do Faraó, e diferentemente de seus irmãos ele teve acesso a tudo do bom e do melhor. Tudo o que os familiares de Faraó tinham acesso, Moisés também tinha. Boa comida, boas roupas, boa educação, boa saúde, treinamento militar, ou seja, Moises foi criado como se fosse um príncipe do Egito
At 7:21 "Moisés foi educado em toda a sabedoria dos egípcios e veio a ser poderoso em palavras e obras."
            Moisés era um hebreu, mas por ter sido criado e educado entre os egípcios ele se parecia com um egípcio, pois falava igual a eles, se vestia como um egípcio, e agia como eles, a ponto de ser confundido como um egípcio mesmo depois de ter saído do Egito ido para o deserto.
Ex 2: 16-19 "Ora, o sacerdote de Midiã tinha sete filhas. Elas foram buscar água para encher os bebedouros e dar de beber ao rebanho de seu pai. Alguns pastores se aproximaram e começaram a expulsá-las dali; Moisés, porém, veio em auxílio delas e deu água ao rebanho. Quando as moças voltaram a seu pai Reuel, este lhes perguntou: "Por que voltaram tão cedo hoje? " Elas responderam: "Um egípcio defendeu-nos dos pastores e ainda tirou água do poço para nós e deu de beber ao rebanho".
            Este era Moisés um homem que tinha em seu DNA a essência do povo de Deus mas que se parecia com um egípcio, um povo pecador, idolatra e que não conhecia o Deus vivo.
            Mas Moisés era o escolhido de Deus para ser aquele que libertaria o seu povo das mãos de Faraó.
            Wow que tremendo esse encontro. E ali o Senhor passa a dizer, quem era Ele, o que o povo hebreu representava para Ele, quem era Moises e o que ele faria nas mãos de Deus.
            Eu e você não somos diferentes de Moisés. Assim como o grande libertador do povo de Deus, nós temos um passado e uma história no Egito, no mundo, no meio do pecado, da idolatria, e onde fizemos muitas coisas que nos envergonhamos, onde tivemos muitas experiências, boas e ruins, e onde aprendemos muitas coisas.
            Deus tem um plano da sua vida, assim como tinha na vida de Moisés e por isso ele enviou o grande Libertador da nossa alma que se apresentou a nós como Jesus Cristo, o Filho do Deus Vivo, para morrer em nosso lugar, e dessa forma tivéssemos nossos pecados perdoados, ficássemos livres de todo a injustiça e fossemos libertos de toda a opressão do mundo na nossa vida.
            Depois que Moisés começou a andar no meio do seu povo, o seu DNA espiritual começou a falar mais alto, tendo fugido do Egito para não morrer, sendo adotado em uma família. Da mesma forma somos nós, Deus nos criou para a Glória do seu nome, e quando somos expostos a essa realidade por meio de Jesus, e recebemos em nós uma nova identidade, ou melhor, a verdadeira identidade de filho de Deus, fugimos do mundo porque passamos a entender que lá não é mais o nosso lugar. A partir daí somos adotados em uma família a igreja, aprendemos mais sobre o Senhor e sobre sua palavra, somos treinados, temos o nosso caráter forjado ao caráter de Cristo, ou como diz em Ef 4:13b “...e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.”
            Mas para que? Qual o objetivo?
            O Espírito do Soberano Senhor está sobre mim porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros, para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes, e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória. (Isaías 61:1-3)
            Assim como Moisés foi chamado por Deus para libertar o seu povo da escravidão do Faraó no Egito, eu e você também fomos chamados para voltar ao Egito, e através do Poder de Deus que há em Jesus, possamos libertar os cativos e curar as feridas daqueles que são oprimidos pelo diabo no mundo.
            Não se preocupe com aquilo que você fez no passado, porque Deus não está preocupado com o que você foi no mundo ou o que você fez de certo ou errado lá. O que Deus está vendo é quem você vai ser nas mãos dele no futuro.
            Não faça como Moisés que ficou apresentando a Deus um monte de desculpas para não atender ao chamado que estava recebendo, mas se disponha e creia que Deus fará aquilo que está no seu coração e lhe capacitará e te usará no sobrenatural para confundir os que são sábios mostrando que na verdade são loucos.
            Não fique perdendo tempo  pensando no que vão falar de você quando você se apresentar como um embaixador do reino de Deus, por que Deus não se preocupou com isso quando chamou a Moisés, se ele era um príncipe no Egito ou um hebreu fugido. O que Deus estava olhando era o futuro de Moises libertando o seu povo, o que Deus está olhando não é para as pessoas dizendo “então quer dizer que agora você é crente? Servo de Deus?”, o que Deus está olhando é as pessoas dizendo sobre você é “verdadeiramente ele (a) é um homem (uma mulher) de Deus, pois vemos Jesus, aquele que ele (a) prega, em suas palavra e atitudes.
            Essa é a noite de restaurar o altar do chamado de Deus em sua vida. Você que ainda não sabe para que veio a esta terra, e que não sabe qual é o propósito de sua vida, eu lhe convido a fazer parte de nossa família aceitando Jesus Cristo como Senhor e Salvador da sua vida.
            Você que ainda tem vários questionamentos sobre você mesmo, e sobre o chamado que Deus tem na sua vida, quero lhe convidar a restaurar o altar de Deus e ali colocar, sua vida como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, deixando o fogo do Espirito Santo queimar todas essas dúvidas, e você dando um passo de fé, encarando o faraó deste mundo e dizendo “deixa o povo de Deus ir para o adorar”.

Pr. Kleber R. Jacinto - Igreja Águas Mooca


                  

Nenhum comentário: