AVISOS da SEMANA


Todas as segundas-feiras – 19:00h – Intercessão.

20/10 – sex – 20h – RCA – Rede de Casais

21/10 – sáb – 18h – Aniversário Igreja Águas Sede

22/10 – dom – 10h e 18h – Celebração de SUCOT e teatro

28/10 – sáb – 19h30 – RJA Rede de Jovens – Sorvete

29/10 – dom – 18h – Batismo nas águas.

04/11 – sáb – 19h30 – RJA Rede JUMP Vigília no monte.

17/11 – sex – 20h – RCA - Rede Casais

18/11 – sáb – 10h – Capacitação diaconal

18/11 – sáb – 18h – RAD Intensivão

25/11 – sáb – 19h30 – RJA Jump – Noite black

26/11 – dom – 10h e 18h – RIA apresentação

29/11 – qua – 20h – Noite do Empreendedor

30/11 – qui – 20h – Apresentação Teatro

Postagens

Células nas casas - confira a mais próxima de você.

. 2ª feira......... 19h Culto de Intercessão
20h15.. Escolas Líderes e Teológica
. 5ª feira ........ 20h.... Culto

. 6ª feira ....... 20h ... Rd da Família (confira agenda)
. 6ª feira ....... 20h ... Rd adolescentes(confira agenda)
. Sábados...... 19h30.. Rd de Jovens (confira agenda)
. Domingos... 16h45... Pós Encontro e Esc. de Líderes
. Domingos... 10h e 18h..... Culto de Celebração

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Viver a visão do discipulado

“Partiu, pois, Elias dali, e achou a Eliseu, filho de Safate, que andava lavrando com doze juntas de bois adiante dele, e ele estava com a duodécima; e Elias passou por ele, e lançou a sua capa sobre ele.
Então deixou ele os bois, e correu após Elias; e disse: Deixa-me beijar a meu pai e a minha mãe, e então te seguirei. E ele lhe disse: Vai, e volta; pois, que te fiz eu?
Voltou, pois, de o seguir, e tomou a junta de bois, e os matou, e com os aparelhos dos bois cozeu as carnes, e as deu ao povo, e comeram; então se levantou e seguiu a Elias, e o servia.”
1 Reis 19:19-21

O discipulador é um mestre, um incansável guia; é fôrma pronta para formar.
A base do discipulado é um relacionamento, onde há transmissão de vida para o chamado e cumprimento do propósito de Deus para nossas vidas.

Alguns pontos importantes no discipulado:
1-O DISCIPULADOR TEM UMA PALAVRA DE COMANDO e DIREÇÃO (V.20) aqui podemos ver que pela definição da palavra DISCIPULAR (formar, adestrar, amoldar, orientar, ensinar, nutrir, edificar, guiar); os sinônimos são palavras que nos dão uma visão completa do que seria ou se espera de um DISCIPULADOR.

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.”
Mateus 28:18-20

Jesus se aproximou dos discípulos e os direcionou: IDE E FAZEI DISCIPULOS!

LC 10:16  Depois disse aos discípulos: “Quem vos ouve é a mim que ouve. E quem vos rejeitar é a mim que rejeita. E quem me rejeitar rejeita Deus, que me enviou”.

Só é possível viver a visão correta do discipulado quando há convivência, companheirismo. Você não repete uma cena viva que não viu, que não vivenciou.

O discipulado de Elias e Eliseu começou com uma palavra de direção e Comando: “vai e volta”. Ao final, podemos observar os resultados na vida de Eliseu, fruto do relacionamento desenvolvido com seu discipulador ao longo de seu chamado (2Rs 2.9-15). Fez coisas semelhantes aos ensinado pelo mestre e outras maiores.
Você quer viver essa realidade? Jesus Flou que faríamos obras iguais e maiores do que Ele fez, Jesus fez esta declaração aos discípulos que estavam próximos dele, Eliseu buscou e viveu, porque caminhou lado a lado com seu discipulador, eu quero isso para minha vida, você quer? Então se aproxima , seja companheiro do seu discipulador, confie. Creio que Eliseu almeja ser discipulado e quando Deus concedeu, ele sabia a importância, a honra, e o quanto ele ia crescer no Senhor andar sobre os comandos do seu discipulador, que representa o vaso que deus presenteou para conduzi-lo no no reino com uma visão restaurada. Seu discipulador tem liberado comandos sobre a sua vida, qual tem sido a sua resposta a estes comandos? Os apaixonados não se rebelam, eles se permitem ser moldados, transformados.

No Jordão, quando Elias toma a capa, bate sobre as águas, elas se abrem e ele é tomado num redemoinho. Do outro lado, há profetas, mas quem está com Elias é Eliseu.

Todos os demais profetas viram o que aconteceu, mas foi Eliseu quem recebeu a capa, pois estava perto do seu discipulador. Com a capa nas mãos, Eliseu faz o mesmo que Elias: fere as águas e elas se abrem.
Todos os profetas que estavam assistindo do outro lado do rio souberam o que acontecera, mas somente Eliseu tomou a capa. Como discipuladores, temos discípulos e discípulos. E não devemos esperar que nossos discípulos façam deduções do que é melhor para eles; vamos dizer para eles, pois a Palavra é clara. “Vai e volta”

Que tipo de discípulo você quer ser para o seu líder? E, se você já é líder, que tipo de discípulos você quer gerar? Se você quer gerar discípulos que sejam capazes de repetir os atos soberanos de Deus na sua vida, chamem esses discípulos para perto e discípulos, ouçam e sigam seus discipuladores.

2- Obediência – Elias não hesitou no chamado do Senhor, assim devemos ser; se Deus falou, pode ir, Ele capacita! – Antes de orientar, Elias passou por diversas situações para ser fortalecido e criar intimidade com Deus. Esse é o propósito do Senhor para nós discipuladores, que venhamos a conhece-lo mais de perto para que outras vidas possam ser fortalecidas através do que Deus fez por nós e tenham sua visão do discipulado correta(2 Reis 2.2), Eliseu era obediente e submisso; se o direcionamento de discipular vem do Senhor, então devemos honrar seu querer para que possamos viver o que Ele preparou para nós, essa deve ser nossa visão a respeito do discipulado. Amem!

3- Disposição. É o discípulo que vai atrás, que segue o discipulador. “ E qualquer que não tomar a sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo. Discípulo é o que procura, é o que segue. Se o discipulador tiver que ficar indo atrás, este ainda não é discípulo, ainda está na consolidação. Vamos fazer o que o apostolo Paulo nos orienta, sair do degrau de menino e começar a pensar como homem.

Nos v. em que Elias pergunta a Eliseu se ele o seguiria, foram juntos a Betel, Jericó e junto ao Jordão. Isso nos mostra que foi preciso que Eliseu disponibiliza-se todo o tempo para estar com Elias, o discipulador não precisou insistir para o discípulo o seguir para um congresso, um culto especial, o discípulo sabia que acompanhar.
Temos exemplo vivo, nosso ap. Mizinho, se alegra e sente honrado quando seguimos ele e cada um dos 12 ficam se organizando querendo esta com ele, porque sabemos que vamos aprender e receber a unção que Deus tem concedido a ele, e ele tem repartido para nossas vidas, então esta perto do discipulador e cada vez mais enriquecedor. Assim também a nós, quando nosso discipulador nos convoca para algo que Deus o direcionou e nós achamos que talvez seja demais, que não precisava tanto, que está havendo muitas reuniões. Não, Eliseu não se levantou contra nada, mas, pelo contrário, foi reafirmando sempre de que estava realmente disposto a enfrentar qualquer coisa

4- Fidelidade. Edificamos relacionamentos através da fidelidade. Jesus quer que todos sejam um (Jo 17:21). A fidelidade guarda, protege, cuida, se torna cúmplices.  Quando se fala de Fidelidade, A fidelidade vai além do discurso. E é esse manto de verdade ab­soluta que o Senhor quer colocar sobre a sua vida. 

5- O discipulador tem um manto, unção, ministério para passar ao seu discípulo
Em 1 Reis 19.19b Elias vai de encontro a Eliseu e lança a sua capa sobre ele. O discipulador, acima de orientador e conselheiro é um pai espiritual para o seu discipulado. Isso significa intercessão e revestimento espiritual na vida daquele que é orientado; é necessário orar e ensiná-lo a buscar (algum dia ele fará o mesmo por alguém...)
Elias não tomava a glória para si, mas atribuía e ensinava seu discípulo que tudo era para honrar e glorificar o nome do Senhor. O fato de orientarmos uma pessoa, não quer dizer que somos superiores a Ela, pelo contrário, aos olhos do Senhor somos iguais; exemplo nítido era que Eliseu realizava os mesmos milagres que Elias, como abrir o rio Jordão, só foi feito pois Deus capacitou e operou através de Eliseu (2 Reis 2.14)

Lembre-se que o que temos é o que passamos para os outros. Por isso, vida com Deus é o primordial para o discipulador. Devemos ministrar os princípios da fé. Ensiná-lo a ter sucesso e a fórmula está em Josué: 1.8. “Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, e que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem-sucedido. 
Este texto nos leva lá no inicio dessa reflexão Mt 28:20 “
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado...”

CONCLUSÃO:

Queremos viver os milagres de Deus, queremos ser cheios de Deus e cheios de unção. Permita ser transformado e com esforço será gerado. Então esforça-te, pague o preço, submeta-se aos comandos que receberá através de seu discipulador, quando o foco de nosso discipulado estiver correto e a dedicação ao andar juntos for suficiente, certamente a bênção de Deus sobre este processo levará ambos muito além do natural. O discipulador cresce fazendo seus discípulos crescer e este, cresce auxiliando seu mestre para que ele continue a crescer. É um círculo virtuoso que vem de Deus.

O resultado da vida de submissão e de entrega de Eliseu e a vida de santidade e cuidado de Elias proporciona um resultado maravilhoso: porção dobrada de unção sobre sua vida para edificar outras pessoas (2 Reis 2.9)


Mis. Ioná Ramos Queiroz - Igreja Águas Mooca

Nenhum comentário: