AVISOS da SEMANA

AVISOS:

Todas as segundas-feiras – 19:00h – Intercessão.

18/08 - sex - 20h – RCA - Rede de Casais – Iluminando a casa

19 e 20/08 - sáb - 16h30 - Congresso Interno M12 (entrada franca)

20/08 - dom - 18h - Ministração Pr. Douglas Soares - M12 Ceará

24/08 - qui - 20h - Teatro - Conquistador que vê o que Deus vê.

15 e 16/09 – Congresso Estadual da Visão M12 (ingresso R$40,00)

22 a 24/09 – sex – 21h30 – Encontro com Deus (inscrições Dca. Eliane)


Postagens

Células nas casas - confira a mais próxima de você.

. 2ª feira......... 19h Culto de Intercessão
20h15.. Escolas Líderes e Teológica
. 5ª feira ........ 20h.... Culto

. 6ª feira ....... 20h ... Rd da Família (confira agenda)
. 6ª feira ....... 20h ... Rd adolescentes(confira agenda)
. Sábados...... 19h30.. Rd de Jovens (confira agenda)
. Domingos... 16h45... Pós Encontro e Esc. de Líderes
. Domingos... 10h e 18h..... Culto de Celebração

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Para casais: Carga Pesada, Sim ou Não?

Texto base: Gálatas 6:1 a 5
Versículo Chave:
Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo.” 

Qual é o tamanho da sua carga? Qual é a carga do seu cônjuge? Como vocês tem suportado e apoiado um ao outro? Várias perguntas iniciam esta palavra para que haja uma reflexão no casamento.
Todo o relacionamento tem como componente um custo de suporte existente.
Você já ouviu alguém falar: “Não suporto mais meu marido” ou “Não suporto mais minha esposa”.
Somente por este versículo, a impressão que temos é que estas cargas/fardos são pesos difíceis de carregar, mas de onde eles se originam, de que lugar vem isto?
O contexto indica que vem do pecado, mas os fardos também vêm da nossa vida agitada do dia-a-dia, do estresse, da falta de organização, do excesso de compromissos e atividades, do trabalho tanto doméstico quanto profissional que sempre estarão lá, cabe sim a nós identificá-los e buscar carregá-los, ou não, se puderem ser deixados será carga menor a levar.
Mas o principal problema destes pesos dentro do casamento está na falha de comunicação, em saber como pedir ajuda e receber ajuda.
Uma das perguntas que mais me intriga é sua esposa trabalha? Ora depois de tanto responder a pergunta, creio que as pessoas deveriam fazer outra no lugar desta: “A sua esposa trabalha de forma remunerada?”
Sinceramente não conheço mulher que seja mãe e corresponsável por uma família que não trabalhe até mais que o marido, jornadas muitas vezes até triplas, escola, trabalho profissional e casa, isto quando não tem os filhos.
Então a pergunta realmente precisa ser refeita, e isto não tem absolutamente nada a ver com politicamente correto, mas sim com o conceito verdadeiramente cristão, tem a ver com coerência, justiça e principalmente ao princípio da honra ao saber valorizar o trabalho feito pelo outro(a), não importando se remunerado ou não e se não for, deve ser ainda mais exaltado.
Importante lembrar que segundo o que Pedro descreve o marido deve sim viver a vida do lar, isto é, sendo colaborador com as atividades da casa e isto não depende de nada a não ser de sua boa vontade e disposição.
Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações.
I Pedro 3:7 (JFA RA)
Por outro lado também outro exemplo seriam as mulheres que invariavelmente não estão dispostas ao relacionamento sexual com seus maridos devido ao cansaço e muito trabalho, ou as vezes mesmo por desinteresse
com o relacionamento devido a questões emocionais e psicológicas, pois homens e mulheres são sim diferentes na forma como pensam e tratam o relacionamento sexual, para estes casos convém lembrar o que Paulo descreve aos Coríntios, não como mandamento é claro, mas como conselho para uma vida saudável para o casal.
4 A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher. 5 Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da incontinência.
1 Coríntios 7:4 e 5 (JFA RA)
Temos cargas para levar e não podemos carregar sozinhos, em um casamento isto é mais latente, porque uma vez que são uma só carne o peso das responsabilidades deve ser uniformemente distribuído de acordo com a capacidade que cada um tem capacidade de suportar.
E como um caminhão que tem a carga mal distribuída, numa curva ele pode tombar! É necessária que a carga esteja equilibrada! Seu casamento, relacionamento precisa de equilíbrio. Seu casamento não vai Tombar!
Posto isto então, devemos com base no versículo chave desta palavra buscar o equilíbrio e para que tenhamos um casamento saudável apontaremos três pontos fundamentais:
1o Ser Espiritual - A característica principal para poder levar as cargas uns dos outros é ser espiritual, olhando pela ótica de Cristo os pesos são vistos de outra forma. Ele mesmo nos ensina em Mateus 11 sobre isto, e não há ninguém neste mundo que pode suportar a carga que lhe foi imposta que não seja Cristo como descrito em Isaias 53:
4 Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido.
5 Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Isaias 53:4 e 5 (JFA RA)
Jesus Cristo o esposo da Noiva que é a igreja, nos ensina que devemos ser espirituais em primeiro lugar somente assim poderemos suportar os próprios pesos e um dos outros.
O suporte sem amor, existe? Sim existe, este suporte sempre existirá, basta olhar para uma ponte que suporta seu peso e de todos os veículos que passam por cima dela. Além disto ainda ela é fustigada com chuva, vento, sol e frio a expandindo e a comprimindo e ela continua lá firme no seu propósito, (não nos esquecendo da manutenção é claro), mas ela é sem vida ela é estática qual amor que há nela? Por acaso você é uma ponte no sentido concreto da palavra? Não, claro que não!!!
Você até pode fazer o papel de ponte no sentido figurado, mas você é mais do que isto e tem algo maior dentro de você (Cristo) que precisa ser exposto através do amor, somente ele (amor) vai te dar a possibilidade de suportar, tudo com paz em seu coração. É o principal, o amor, tornará o seu relacionamento perfeito!
Somente o amor pode te dar forças além do que você pode imaginar para suportar os desafios diários. Olhe o que Paulo fala aos Colossenses sobre isto.
12 Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade.
13 Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós;
2o. Suportar em amor
Não é possível suportar uma situação, quer seja uma dificuldade uma felicidade, ou qualquer outra de forma plena e em paz se não for pela via do amor.

14 acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.
Colossenses 3:12-14 (JFA RA)
3o. Levar as Cargas uns dos outros Quando conseguimos levar as cargas uns dos outros daí podermos cumprir a Lei de Cristo.
O fato principal que deve nortear este ponto é que em um relacionamento, carregar as cargas uns dos outros faz parte do caminhar, as vezes um precisa de um suporte maior, outras vezes as cargas estão iguais, mas o fundamental mesmo está no equilíbrio das forças.
Equilibrado tudo fica em pé, mas para estar equilibrado é necessário estar com os fundamentos (alicerces) apoiados em um lugar solido, uma rocha, um apoio que dê firmeza e que seja inabalável, neste ponto então encontramos o exemplo máximo de Jesus, ele veio para isto como descrito em Mateus 11:
29 Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.
30 Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.
Mateus 11:29 e 30 (JFA RA)
Carregar os pesos um dos outros, impõe que você em si não pode ser um peso para o outro, isto está descrito no texto base, no versículo 5 de Gálatas 6 “Porque cada um levará o seu próprio fardo.
As vezes nos vemos debilitados, mas se estamos o tempo todo prostrados e não queremos fazer nada por falta de atitude, vontade e até mesmo fé, nos tornamos um peso que com o tempo se torna insuportável de levar, nossa realidade em Cristo nos põe num patamar em busca a nos assemelharmos ao caráter dele e ele Jamais seria um peso para ninguém. Cristo não é pesado e o fardo dele também não é!
Nossa mente sem Cristo é pesada, nosso trabalho sem Cristo é extenuante, nosso casamento sem Cristo é insuportável.
Conclusão: Somente quando estamos em Cristo, com amor manifesto em nossas vidas e sendo pessoas espirituais podemos sim levar as cargas uns dos outros porque o homem e mulheres espirituais discernem todas as coisas como lemos em 1 Coríntios 2:
14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
15 Porém o homem espiritual julga todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém.
1 Coríntios 2:14 e 15 (JFA RA)
Vamos ter paz em qualquer circunstância e principalmente termos forças sobrenaturais para enfrentar os desafios do casamento e sermos mais que vitoriosos em todas coisas, em um só corpo.
“Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos.” Colossenses 3:15 (JFA RA)
Deus os abençoe!
Prs. Rosana e Luis Santana Dezembro/2015 

Nenhum comentário: